fbpx

Evidências Cientificas da Estimulação Elétrica

O estímulo elétrico potencializa o efeito do agulhamento simples de 7 a 9x mais, através da utilização de vários tipos de frequências específicas nas agulhas inseridas, de acordo com a patologia clínica. Quando estimulados por baixas frequências há a liberação de endorfinas de ação mais longa, com atuação sistêmica e neuromodulação cerebral a nível segmentar e supra-segmentar. Quando há a utilização de frequências médias ocorre a liberação de serotonina e noradrenalina; e quando utiliza-se frequências mais altas há a liberação de dinorfina A e B na medula com efeito imediato para dor aguda. A eletroestimulação ao potencializar o efeito da acupuntura clássica também aumenta seu tempo de ação, mantendo seu efeito por mais tempo.

Central de Agendamento!
Powered by